top of page

MetAmazonia & Inteligência Artificial (IA): uma conversa

Atualizado: 27 de abr. de 2023

A MetAmazonia fez três perguntas à Inteligência Artificial e ela nos desafiou a respondê-las com nossa própria tecnologia!



A Amazon Rio, primeira Reserva Particular de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia, e a atuação do AmaGroup junto às comunidades tradicionais da região têm desempenhado um papel fundamental no combate às mudanças climáticas, ao desmatamento, à perda de biodiversidade, à exploração nociva dos recursos naturais, e também ao fortalecimento da subsistência das comunidades tradicionais, o desenvolvimento, a infraestrutura e o avanço tecnológico na região. Mas até que ponto nossas soluções com nosso gêmeo digital da reserva - o metaverso - respondem efetivamente aos problemas que enfrentamos?


Em um estudo de caso muito interessante, nossa equipe fez algumas perguntas à Inteligência Artificial (vamos chamá-la de Clara) para verificar o que ela trazia em termos de problemas e soluções para nossos problemas globais e o papel que a tecnologia tem no desenvolvimento sustentável.


Aqui abaixo segue as perguntas e respostas de ambos os lados desta conversa.


MetAmazonia:

Como poderíamos usar a tecnologia para salvar as florestas das ameaças que elas enfrentam?


Clara 1. Monitoramento Florestal:

Tecnologias que ajudam a identificar áreas que requerem intervenção, como esforços de reflorestamento ou aumento da vigilância para prevenir atividades ilegais;


2. Manejo Sustentável:

Tecnologias que podem ser usadas para apoiar práticas florestais sustentáveis;


3. Produtos não-madeireiros com rastreabilidade

Tecnologias que ajudam a prevenir o uso de madeira e produtos provenientes de atividades madeireiras ilegais. Também devo aconselhar que a tecnologia por si só não é suficiente e deve ser acompanhada de ação no mundo real e envolvimento da comunidade para causar um impacto significativo.

Clara: O que vocês propõem com o gêmeo digital da MetAmazonia? MetAmazonia: Nosso metaverso é a materialização digital de 15 anos de atuação na região de florestas ameaçadas de Manicoré-AM, que agora traz uma oportunidade escalável para o impacto que está sendo gerado com projetos no terreno, conseguindo trazer a problemática da floresta tropical para o mundo de forma lúdica e imersiva.

Nosso gêmeo digital é um metaverso 3D fotorrealista que traz todas as características da terra real para a terra digital. Para isso, coletamos um conjunto de dados espaciais, imagens georreferenciadas, informações de satélite, inventários florestais, relatórios de uso de drones, entre outros, para ter a chance de monitorar todas as ameaças de desmatamento que nossa terra pode enfrentar, além de conhecer cada parte de nossa terra protegida. A tecnologia em si não é a salvação de nossos problemas, ela é uma ferramenta fundamental para potencializar o monitoramento da conservação junto aos esforços dos nossos guardiões da reserva, as comunidades ribeirinhas, que são os protagonistas mais próximos de nossa missão de propósito.

Como mencionamos, projetos que capacitam as comunidades da reserva física já são executados há quase 15 anos. Alguns dos projetos contemplam apoio à educação, tratamento de água para todos, inclusão tecnológica e social, e também capacitação para práticas de manejo florestal.


Esse impacto gerado na região trouxe muitas mudanças concretas na vida real das pessoas da região, mas precisamos fazer mais. O nosso gémeo digital vem responder a esta lacuna: como reforçar a disponibilidade de mais projetos?

O metaverso não apenas envolve toda uma comunidade global em uma plataforma digital para investimentos e recompensas, recreação com experiências gamificadas e acesso educacional à floresta tropical, mas também levanta fundos dessa comunidade dentro do gêmeo digital e seu envolvimento nele. É uma estrutura de ganha-ganha-ganha para todos os agentes, onde os usuários aprendem, jogam, constroem, vendem e recebem recompensas por isso; a MetAmazonia levanta fundos alternativos em blockchain com o AmaLand e os investe em projetos de impacto na floresta; e a Amazônia atinge um estado de conservação para manter protegida seus escassos e tão importantes fauna, flora e serviços ecossistêmicos. Com a blockchain e um alcance global a pessoas interessadas em combater as mudanças climáticas e construir uma nova economia, a rastreabilidade da madeira e as práticas sustentáveis no manejo florestal, por exemplo, são mais do que viáveis devido à disponibilidade de financiamento para o manejo sustentável de produtos florestais e devido aos atributos da blockchain que, alinhados com nosso projeto verificado de Carbono na região, pode garantir a precedência de produtos e créditos de florestas conservadas legalmente.


MetAmazonia: Mas Clara, e a tecnologia para impulsionar o crescimento econômico de comunidades tradicionais e pequenas e médias empresas?


Clara: 1. E-commerce:

A tecnologia pode ser usada para conectar comunidades e empresas com mercados globais por meio de plataformas de comércio eletrônico.

2. Seriços e acesso bancários móveis:

A tecnologia de banco móvel pode ajudar comunidades tradicionais a acessar serviços e recursos financeiros.

3. Treinamento digital de habilidades:

Programas de treinamento e educação em tecnologia podem ajudar comunidades e empresas a desenvolver habilidades e conhecimentos.

4. Preservação Cultural:

A tecnologia também pode ser usada para preservar e promover culturas e práticas tradicionais.


Clara: Como a MetAmazônia contribui para esses desafios?


MetAmazonia: Nosso gêmeo digital conta com a tecnologia para criar um marketplace integrado para que empresas e comunidades tradicionais troquem informações, façam parcerias, comprem e vendam seus produtos. Ao viabilizar tal plataforma no metaverso, as comunidades ribeirinhas podem aumentar seu alcance para vender seus produtos, e o mesmo acontece com as empresas que buscam expandir seu mercado. Além disso, considerando que um dos objetivos do nosso metaverso é levar o conhecimento da floresta e riqueza cultural ao mundo por meio da educação imersiva, nosso metaverso não só representará a acurácia sobre as práticas culturais regionais (fortalecimento da preservação cultural), mas também fornecerá utilidades que contam com conferências multiplayer, workshops, showrooms, treinamentos e outros, que podem ser desenvolvidos pela MetAmazonia ou pelas empresas do ecossistema. Esse esforço potencializa diretamente a chance de inclusão digital e melhoria de habilidades pelo meio digital.



Acima de tudo, vale lembrar que a MetAmazonia não atua sozinha, mas conta com um complexo ecossistema de empresas e parcerias que contribuem para toda essa missão multidisciplinar. Dito isso, contamos com uma empresa em incubação do AmaGroup, o AmaBank, que terá um papel importante na inclusão bancária e nas oportunidades bancárias.


MetAmazonia: Clara, como poderíamos melhorar a educação em todo o mundo? Clara:

Dois principais destaques:

1. Aprendizagem online:

As plataformas de aprendizagem online podem oferecer uma ampla gama de cursos e materiais que podem ser acessados ​​de qualquer lugar, a qualquer hora.


2. Aprendizado colaborativo

A tecnologia pode apoiar a aprendizagem colaborativa, permitindo que alunos e educadores se conectem e colaborem além das fronteiras geográficas e culturais.


Clara: O que o gêmeo digital da MetAmazonia oferece para essas necessidades?


MetAmazonia:

Como mencionamos, os propósitos educacionais são um dos nossos grandes objetivos com nosso gêmeo digital. Analisando as utilidades "phygital" que trabalhamos, universidades, centros educacionais e empresas terão a chance de executar cursos inteiros, aulas e outras ferramentas educacionais em uma estrutura multiplayer. Além disso, o metaverso ajuda a transpor barreiras geográficas e também a multiplicar o conhecimento mundialmente em uma configuração imersiva.


Como podemos ver, a MetAmazonia e todo o ecossistema Amagroup estão construindo algo único, complexo e poderoso, com potencial para revolucionar a forma como fazemos as coisas. Temos a convicção de fazer parte da mudança, da nova economia e do novo quadro de desenvolvimento que o mundo precisa para preservar nossos patrimônios humanitários.





Se você acredita em nossa missão, junte-se a nós e torne-se um agente da mudança que tanto precisamos. Torne-se um MetAmazônian para um novo mundo.




Be part of this journey


Comments


bottom of page