top of page

O Projeto de Carbono na Reserva Particular AMAZON RIO: Impactos e possibilidades além do REDD+

Atualizado: 5 de jun. de 2023


A Amazon Rio I, nossa Reserva Particular de Desenvolvimento Sustentável na floresta amazônica, desde sua homologação como Unidade de Conservação junto ao Governo do Estado do Amazonas em 2013, tem alcançado muitas melhorias na região para a manutenção da floresta e para o desenvolvimento das pessoas que a guardam e fazem uso dela, as comunidades tradicionais ribeirinhas.


A Reserva Amazon Rio localizada no coração da Floresta Amazônica, às margens do Rio Madeira, com 15 comunidades tradicionais em seu entorno.



Os mercados de carbono visam criar incentivos econômicos para reduzir as emissões, promover práticas sustentáveis e apoiar a transição para uma economia de baixo carbono. A atribuição de um preço às emissões de carbono pode incentivar as empresas e os indivíduos a adotarem tecnologias mais limpas, a reduzirem a sua pegada de carbono e a investirem em projetos que ajudem a mitigar as alterações climáticas.



Com todas as transações operadas no mercado de carbono proporcionando retornos financeiros para empresas, entidades não-governamentais e outros, os projetos de carbono oferecem uma janela de oportunidade para investimentos de impacto. Dito isto, confira abaixo quatro elementos do impacto gerado pelo projeto de carbono implementado na Reserva Amazon Rio.


Geração de renda para comunidades ribeirinhas

A conservação das florestas pode ser apoiada pelo nosso projeto de carbono através da promoção de meios de subsistência sustentáveis e de atividades geradoras de rendimentos. Fontes de rendimento como o ecoturismo, práticas agrícolas sustentáveis e o manejo de produtos florestais não lenhosos podem ser desenvolvidas para conservar o ecossistema e, ao mesmo tempo, oferecer fontes de rendimento alternativas às comunidades locais. Projetos de impacto financiados por créditos de carbono representam uma ferramenta moderna para o desenvolvimento de pessoas e infra-estruturas na região.

Três das ações executadas em Manicoré são os projetos de Capacitação em produção e manejo sustentável de Açaí, Capacitação em produção e manejo de Castanha-do-brasil e o projeto de Empoderamento de mulheres com um negócio de biojóias.


Conservação da biodiversidade e proteção de habitat

Na floresta Amazônica, os projetos de carbono que protegem a biodiversidade e os habitats são cruciais. A nossa iniciativa de carbono engloba práticas sustentáveis de uso da terra, a conservação de regiões florestais e a manutenção de habitats chave. Isto nos permite preservar espécies ameaçadas de extinção, manter serviços ecossistêmicos e promover o bem-estar ecológico geral na área.

Para mencionar alguns dos esforços impulsionados pelo nosso projeto de carbono, há o inventário da biodiversidade com avaliação e documentação sistemática das espécies de fauna ameaçadas de extinção presentes na Reserva e inventários para avaliação de biomassa. Com o acesso a esses dados, tomamos consciência das áreas e espécies críticas a serem conservadas e tentamos expandir a Unidade de Conservação para deter as ameaças de desmatamento.


Direitos indígenas e preservação cultural

A floresta Amazônica é o lar de numerosas comunidades indígenas e outras comunidades ribeirinhas com ricas tradições culturais e profundas ligações com a terra. Os projetos de carbono devem respeitar e defender os direitos indígenas, os conhecimentos tradicionais e as práticas culturais. A própria criação da Amazon Rio como RPDS garante direitos mínimos dos povos indígenas às suas terras, uma vez que estas só podem ser geridas para fins de conservação. Além disso, podem ser estabelecidas parcerias de colaboração com as comunidades indígenas e ribeirinhas, garantindo o seu envolvimento ativo na concepção e implementação do projeto. Iniciativas lideradas por indígenas, como o monitoramento comunitário e o manejo florestal, devem ser apoiadas para promover a preservação das culturas indígenas e das práticas tradicionais sustentáveis.


Educação ambiental e integração tecnológica


Nosso projeto de Carbono destina recursos para programas de educação e conscientização ambiental, voltados para as comunidades locais, escolas e outros públicos. É fundamental mencionar o metaverso do AmaGroup, o MetAmazonia, que tem um papel importante na integração de tecnologia e consciência ambiental não só para as comunidades, mas também para o mundo, criando a possibilidade de impactos positivos em escala.

Alguns dos projetos criados para essa missão orientada são o Programa de Educação Complementar, o Programa de Capacitação em Foto, Vídeo e Edição, o Programa de Conectividade com a Internet e o curso de educação Web3 nas comunidades.

Essas iniciativas, além do nosso metaverso, ajudam a aumentar a compreensão da importância da conservação das florestas, da mitigação das mudanças climáticas e das práticas sustentáveis. A educação ambiental, juntamente com a tecnologia, pode capacitar as comunidades a participar ativamente na proteção da floresta tropical, melhorar os seus meios de subsistência e também, com os seus conhecimentos culturais e tradicionais, ensinar muito ao mundo numa experiência de imersão digital.



Com tudo supracitado, é importante entender que, além de reduzir as emissões do desmatamento, as empresas e novos empreendimentos devem ir além, utilizando esse mecanismo financeiro para combater as mudanças climáticas, mas também para retribuir à economia, à infraestrutura e às pessoas da região.

Além disso, a conservação da floresta amazônica é uma tarefa humanitária, pois é o patrimônio natural mais precioso da nossa nação e do nosso planeta. Parcerias com o mesmo objetivo são mais do que fundamentais. O AmaGroup, através de todas as empresas do nosso ecossistema, construiu muitas parcerias para impulsionar estes projetos e esforços, desde universidades a empresas, centros educativos e outros.

Juntos somos mais fortes. A floresta em pé é a nossa saída para a crise climática atual que enfrentamos.


Torne-se um agente de impacto. Junte-se à nossa missão, conheça os esforços do AmaGroup e faça parte da nossa comunidade no Discord (global) e no WhatsApp (Brasil)




Faça parte desta jornada!




Commentaires


bottom of page