top of page

Amazônia 3.0, o laboratório a céu aberto para inovação tecnológica

Atualizado: 19 de abr. de 2023


Para novos tempos e novos desafios, a globalização exige um novo quadro de desenvolvimento para a economia global. Nos últimos anos, a floresta amazônica tem enfrentado muitas ameaças ancoradas em interesses políticos e econômicos, apesar da forte legislação que norteia sua proteção nos últimos cinquenta anos.

Como vimos em nosso blog, a criação de áreas protegidas foi fundamental para a conservação de ecossistemas inteiros, sua rica biodiversidade, mitigação das mudanças climáticas e desenvolvimento econômico das populações brasileiras. Apesar de todos os entraves políticos, industriais, econômicos e de infraestrutura da atualidade, a região norte tem sido protagonista do progresso da bioeconomia, modelo de desenvolvimento que prioriza o equilíbrio entre o crescimento econômico e o uso sustentável dos recursos naturais.


Um grande avanço foi dado com fortes políticas de proteção de nossas florestas alinhadas à participação público-privada na condução de novos negócios: manejo florestal sustentável para aquisição de produtos madeireiros e não madeireiros, geração de créditos de carbono para mitigação das mudanças climáticas, pagamento para serviços ambientais, políticas de aquisição de produtos agrícolas, entre muitos outros. Ainda assim, a proteção de nossos serviços ecossistêmicos essenciais e da biodiversidade é pequena em comparação com seu potencial e com a grande quantidade de pessoas que querem participar da proteção de nossos ativos humanitários. É aí que a MetAmazonia entra em ação!



Um novo caminho de desenvolvimento para impulsionar a bioeconomia e soluções inovadoras na WEB3

Como o co-fundador da Ethereum, Gavin Wood, gosta de dizer: Web3 é a re-imaginação de todas as coisas para as quais já usamos a Web. Com a Web 3.0 permitindo que a humanidade tenha um curso evoluído de se conectar, trocar informações, aprender e construir de forma descentralizada e segura, ela se tornou não apenas uma ferramenta importante para o desenvolvimento, mas também forjou uma realidade completamente nova para mudar radicalmente o futuro de nossas gerações.



A MetAmazonia está ciente disso, sendo a primeira clima-tech a unir a Web 3.0 e a conformidade com a agenda ESG em seu núcleo de negócios, e que visa trazer todos os cidadãos do mundo para fazer parte da mudança, “phygitalmente” (real + digital) atuando no coração da Amazônia. Ao capacitar o mundo a estar ciente da importância da floresta amazônica enquanto é recompensado e induzir impacto em escala, a MetAmazonia promete revolucionar a economia da conservação e a própria Web 3.0.

Como? Bem-vindo à Amazônia 3.0


Nosso histórico

Uma missão orientada por propósitos baseada em um programa de seis pilares de ação utilizando tecnologia para soluções inovadoras visando os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Com mais de quinze anos de atuação in loco junto às comunidades tradicionais da região norte, a MetAmazônia abre um novo caminho para proteger as florestas, impulsionar a bioeconomia e criar negócios de impacto alinhados e preparados para a economia do futuro.



Escala

Não estamos apenas levando a Amazônia a todos os lares dispostos em todo o mundo, mas também trazendo consciência global para a floresta tropical. Proporciona diretamente meios para que a MetAmazônia atue em escala, levando os projetos sociais, ambientais, econômicos, climáticos e tecnológicos implantados na região a um novo patamar, ampliando a capacidade de desenvolvimento das comunidades tradicionais, valorando os recursos naturais e florestas em pé, e criando e gerenciando ativos digitais respaldados por essa riqueza física. Com empresas e indivíduos comprometidos com o combate ao desmatamento, à pobreza e às mudanças climáticas, isso significa que a MetAmazônia está elevando a qualidade e expandindo a ação social e humanitária em uma magnitude nunca antes alcançada.



Transparência e Monitoramento

Compreendendo a extensão desse objetivo, a transparência é um pilar fundamental da nossa missão. Nosso Geodatabase é capaz de armazenar dados georreferenciados de diversas fontes com o objetivo de construir um gêmeo digital da reserva Amazon Rio.


O gêmeo digital como uma representação digital da realidade deve mostrar os diferentes aspectos da reserva, como uso e ocupação do solo, estoque de biomassa, créditos de carbono relacionados, biodiversidade e dados das comunidades. Os dados podem vir de inventários de fauna e flora, de dispositivos IoT, como estações meteorológicas ou armadilhas fotográficas, ou de fontes específicas, como análise de eDNA, dados de imagens de geoprocessamento e até mesmo dados coletados manualmente por meio de dispositivos habilitados geograficamente.


Fornecemos monitoramento em tempo real do ecossistema da floresta amazônica, incluindo rastreamento de desmatamento, incêndios florestais e outros fatores ambientais que afetam a saúde da floresta. Isso ajuda nossos executivos, equipe de gerenciamento e comunidades locais a tomar decisões informadas para proteger a floresta tropical.


Uma vez no Geodatabase, os dados são utilizados para análises geoespaciais e temporais, com o objetivo de melhorar nosso entendimento sobre os impactos de diferentes iniciativas realizadas na reserva, bem como suas correlações com variáveis ​​ambientais. Ao gerenciar os dados por meio de uma interface de gêmeo digital, é possível realizar análises muito mais ricas e obter insights superiores do que lendo relatórios, tabelas ou mesmo mapas estáticos. Além disso, o blockchain é um dos principais protagonistas em capacitar a transparência para o nosso propósito.


Blockchain e Monetização

A Blockchain permite transparência severa sobre transações financeiras e informações detalhadas sobre a confiabilidade das empresas, garantindo que os projetos cumpram o que afirmam e também permitindo que ativos digitais como criptomoedas, tokens e outros itens colecionáveis ​​financiem projetos que antes eram financiados apenas por meios convencionais.


Em síntese, a blockchain funcionará como o esqueleto de nossa missão na Web 3 para transformar a floresta tropical, o impacto mundial e a forma como os negócios são executados. Essa é a Amazônia 3.0: informação mais ampla e pública, integração entre diversos agentes da web, além de parcerias público-privadas-individuais, formas disruptivas de investir em projetos de impacto e monetização inovadora dos serviços e produtos ecossistêmicos. Nosso gêmeo digital também é utilizado como um laboratório virtual para testar novas tecnologias e soluções para o desenvolvimento sustentável em nossas reservas e projetos.



Conclusão

Baseadas fundamentalmente nos seis pilares do 'Nós pela Amazônia' as soluções da MetAmazonia respondem a enormes problemas globais que ainda enfrentam dificuldades para encontrar respostas integradas e eficientes. Ao canalizar a vontade das pessoas para ajudar a salvar a Amazônia usando utilidades e experiências phygital, a MetAmazonia se une à linha de frente para combater o desmatamento, a pobreza e as mudanças climáticas como a primeira Climatech 3.0 unindo a agenda ESG à Web3.


Por fim, a MetAmazonia tem o potencial de contribuir significativamente para o alcance dos ODS, promovendo a conscientização, fomentando a colaboração, promovendo a inovação e sendo uma plataforma de impacto como serviço. Aproveitando os recursos exclusivos de nossa tecnologia, podemos construir um futuro melhor para nosso planeta e seus habitantes.



Faça parte desta jornada






Comentários


Os comentários foram desativados.
bottom of page